A Dieta Dos Pontos Funciona De Verdade?

União Poderosa Para Enxugar


Segunda-feira é o dia de começar. Contudo, afinal, qual é a melhor dieta? Há quem sonhe em tentar todas. Na Inglaterra, jornalista encara dez dietas diferentes em 50 dias, até encontrar a que funcionou. A decisão de perder peso passou de um vontade para um projeto. Motivado a modificar as medidas de seus 101 quilos e, com elas, o rumo de tua existência, o jornalista britânico Andy Leeks decidiu fazer uma dieta. Contudo, qual seria a mais eficiente? Indeciso e disposto, tua decisão foi testar todas.


Quer dizer, dez das mais populares, no período de cinquenta dias. Fazendo as contas, Andy teria na frente cinco dias para cada tentativa. Com a cinco:2, Andy perdeu 2,5 quilos e adquiriu hábitos saudáveis, como comer nozes e castanhas no local de fast food. O mesmo foi atingido com a Special K, porém a monotonia do paladar quase o fez desistir. Escoltar a dieta dos sucos foi um transtorno, pelo motivo de todos os sucos deveriam ser tomados frescos, o que o obrigava a gastar bastante tempo pra aprontar cada porção. Com essa perdeu dois quilos.


Os mesmos dois quilos foram mesmo que seguindo as recomendações oficiais do governo: ingerir mais vegetais, pouca carne, apagar gordura e açúcar. Esta dieta foi a mais apreciada, visto que não haviam restrições no cardápio. Descrever calorias com um app, a dieta da grapefruit (que recomenda o consumo da fruta ou suco nas refeições) e consumir papinha de guri levaram à perda média de meio quilo cada.



    Aprenda A Fazer O Suco Emagrecedor De Cenoura !
  1. Café, guaraná, bebidas energéticas, chocolate e refrigerante, por conterem cafeína

  2. Aqueça a água no fogão, não use o micro-ondas nem ao menos uma cheleira

  3. Vinagre de cidra de maçã

  4. Diminui os triglicerídeos sanguíneos,

  5. Três Dicas Para que pessoas Deseja Perder Peso
  6. 180 g de leite em pó desnatado

  7. Chá de Ervas e Flores


Com a Dieta Atkins, cheia de proteína e nenhum carboidrato, foram-se mais 2 quilos. Aqui, devido à carência de calorias pra serem queimadas, a moral baixou. Entretanto a pior delas, na posição do repórter, foi a dieta dos alimentos crus, que passou comendo essencialmente frutas, saladas, sementes e nozes. O sacrifício levou mais 1,3 kg. O mesmo repercussão foi alcançado comendo sopa de repolho em todas as refeições durante cinco dias, com todos os desconfortos previsíveis de uma dieta fermentativa. Pela primeira vez em bastante tempo, Andy avenida os dedos dos pés.


Ao encerramento do procedimento consegiu perder 14 quilos. E construir um enorme recurso de discernimento de seu respectivo organismo. Mas, mesmo com a pressão mais baixa, os exames médicos revelaram alta no LDL, o colesterol fraco. A explicação é a de que cada regime provoca um “choque” no organismo, que ao tentar ajustar-se aos alimentos tem desregulados incalculáveis processos internos.


Por este fundamento, nenhuma mudança drástica tem que ser feita sem acompanhamento de profissionais. Hoje Andy mantém-se motivado a acompanhar a dieta recomendada pelo governo, que assemelha-se a que temos no Guia Alimentar da População Brasileira - acesse nesse lugar. Sabemos que perder peso em curto tempo não é tão difícil. O grande estímulo é conter o seu regresso. O perigo dos regimes é o fato comprovado de que quase todos funcionam por alguns dias, porém o peso inicial a toda a hora retorna. Daí o efeito-sanfona que frustra 95% de todas as tentativas. Portanto, daqui surge a inevitabilidade de personalização e adequação do plano alimentar. Como cada caso é um caso, o melhor é procurar um especialista.


Má utilização dos nutrientes. Dieta não balanceada, alimentos de má peculiaridade ou mal preparados. Leia também: Fralda de pano ou fralda descartável: qual a melhor? Camila ressalta que, em linhas gerais, a menina não ganha peso adequadamente por causa de não ingere o suficiente, ou não está absorvendo o suficiente. De todas estas causas, a mais comum é a ingestão inadequada”, comenta. Não se culpar. A mãe nunca deve localizar que é “culpa” dela o caso de o piá não estar ganhando peso.


A ideia “meu leite não está sendo bom o suficiente para meu filho” é equivocada. Não tomar nenhuma conduta por conta própria. De nada adianta forçar o filho a mamar/consumir quando ele não quer, nem tentar englobar alimentos que você considere que vai acudir ele a engordar (caso ele de imediato esteja na alimentação complementar). Apenas o médico conseguirá atravessar as recomendações adequadas.



Transportar sempre ao pediatra. Precisa ser feito o acompanhamento regular e periódico com o pediatra, que é capaz de detectar de maneira precoce cada problema que esteja acontecendo com o menino. É para esta finalidade que servem as consultas de puericultura, ou seja, as consultas em que o bebê e a garota irão ao pediatra sem nenhuma queixa específica, para acompanharem teu desenvolvimento”, destaca Camila.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *